O corretivo tem que ser mais claro que a base ?

dezembro 15, 2020

Que o corretivo é um item de muita importância na make nós já sabemos. Dependendo do produto, ele pode desempenhar inúmeras funções para uma pele perfeita. Ainda assim, existem diversas questões que nos confundem com relação a este assunto. O corretivo precisa ser mais claro que a base? Qual o tom ideal de corretivo para o meu tipo de pele? O que não fazer na hora de escolher o tom do meu corretivo? 

Pensando no quanto essas dúvidas podem nos impedir de desfrutar dos benefícios dessa classe de produtos, criamos este artigo explicativo para abordar e esclarecer de uma vez por todas estes e outros tópicos. Nos acompanhe até o final para descobrir tudo isso e muito mais. Boa leitura! 

Ad

O corretivo ideal para a sua pele vai depender da função que você deseja que ele desempenhe. Existem corretivos iluminadores, corretores, contornos e coloridos. Para não nos estendermos muito, vamos ao modelo mais comum de corretivo, o camuflador, que deve ser no tom exato da sua pele e da sua base. 

Conheça bem o subtom da sua pele

Para escolher um corretivo que se assemelhe bastante ao seu tom de pele é importante conhecê-lo. Sua pele tem o fundo rosado ou amarelado? Fatores como estes são determinantes na hora de escolher produtos como o corretivo e a base. Portanto nossa principal e mais importante dica é esta: Conheça seu tom de pele, faça testes e assim descobrirá as melhores opções de produtos para você. 

Escolha o tom de acordo com o seu objetivo

Como mencionado um pouco acima, existe uma variedade de corretivos para desempenharem cada função. O corretivo no tom da sua pele vai corrigir imperfeições como algumas marcas, cicatrizes e até mesmo relevos da pele, enquanto os corretivos coloridos servem para camuflar pigmentações de acordo com o seu tom. Já o corretivo mais claro que o tom de pele vai iluminar o rosto e o mais escuro vai contornar e trazer sombreados que delineiam e realçam a beleza da face. Escolha de acordo com o objetivo que deseja. 

O corretivo tem que ser mais claro que a base ?

Só no caso de você desejar iluminar o rosto. Se seu objetivo é camuflar imperfeições o ideal é optar por produtos que sejam no tom da sua pele. Assim a imperfeição ficará no tom da pele. O corretivo claro é utilizado para trazer maior visibilidade para certa área do rosto, e se nosso objetivo é esconder algum incômodo na face, corretivos mais claros não são a melhor escolha. 

Ad

Devo ter vários tons de bases e corretivos ?

De forma alguma! Você deve ter uma base e um corretivo no exato tom da sua pele, um colorido, caso deseje esconder pigmentações mais difíceis de camuflar como por exemplo manchas de acne, olheiras arroxeadas ou melasma. Caso deseje fazer contornos e iluminações também é importante ter um corretivo mais claro e um mais escuro, mas se deseja mesmo o “basicão” da make, basta ter um corretivo no seu tom e pronto. 

Erros comuns na escolha do tom de corretivo

Pontuamos 5 erros bastante comuns na hora de escolher o corretivo para que você não sofra mais quando o momento chegar, basta evitá-los. Acompanhe conosco:

Erro 1- Escolher a textura errada para seu tipo de pele:

Nosso tipo de pele e bastante único e cada pessoa possui o seu. Para escolher quaisquer tipos de produtos de pele, sejam eles maquiagem ou cremes, é importante identificar quais as necessidades da sua pele e o que não funciona para ela. Por exemplo, se sua pele for muito seca, não é interessante que o seu corretivo seja matte ou oil free. Da mesma forma que se seu rosto for oleoso, você não vai se dar muito bem com produtos que tenham óleos e acabamento hidratante. Fique atenta!

Erro 2- Escolher a cobertura errada:

Quando compramos um corretivo, nós sabemos o que esperamos dele. Fique atenta ao que sua embalagem diz com relação ao seu nível de cobertura para não levar para casa um produto que não atende às suas necessidades. Se suas manchas e imperfeições faciais são leves, você não necessita de um corretivo pesado de altíssima cobertura, em contrapartida, se sua pele sofre com muitas pigmentações indesejadas, o corretivo de cobertura leve também não vai te atender. É importante também escolher conforme o seu gosto, se sua preferência é make leve, os produtos de média e leve cobertura vão te atender, já quando preferem o famoso “rebocão” é ideal que o corretivo seja de alta cobertura. 

Erro 3- Escolher um corretivo mais claro que sua pele: 

Como já dito neste guia, os corretivos mais claros servem para iluminar e destacar alguns pontos da pele, não para corrigir! Muitas pessoas, por falta de informação, acabam optando por corretivos mais claros na intenção de esconder o tom da pigmentação indesejada. Isso é um erro grave. Dessa forma, você deixará o tom da sua pele completamente desigual e pode até mesmo trazer mais visibilidade para o local que deseja esconder. 

Erro 4- Não conhecer o subtom da sua pele:

Como também já te contei, precisamos conhecer o fundo na nossa pele para escolher os produtos que melhor vão funcionar no nosso rosto. Tanto na hora de escolher o corretivo quanto na hora de escolher a base, precisamos ficar atentas no subtom do produto. Se você tem facilidade em ficar com a face avermelhada e suas veias são azuladas, seu subtom é rosado. Já se você tem facilidade em ficar bronzeada e possui veias esverdeadas, é amarelado. 

Erro 5- Fazer testes fora do rosto:

Por último e não menos importante, e também um erro muito cometido, é testar o produto nas mãos ou em outras partes do corpo na hora de escolher. É um fato que nosso corpo e nosso rosto possuem tonalidades divergentes, já que algumas partes estão mais expostas ao sol, e a mão é uma delas. O teste deve ser realizado no pescoço ou mesmo diretamente na face.

Ad

Resumo

Neste guia rápido esclarecemos algumas dúvidas comuns que rodeiam nossas cabeças na hora de escolher o corretivo ideal para nossa pele. Por aqui você descobriu se o produto deve ou não ser mais claro que a base e também se o produto pode desempenhar mais de uma função na make. Esperamos que tenha gostado do conteúdo e que faça bom uso das dicas. Nos vemos em breve. Até a próxima!

About the author 

Maria Helena Nunes

"Maria é produtora de conteúdo sobre beleza e uma aficcionada por cosméticos. Com uma pele de dar inveja, ela iniciou muito cedo os cuidados com seu o rosto, experimentando e consumindo com frequência as mais novas tendências de cremes e seruns faciais. Mais tarde, com sua experiência acabou por se especializar em resenhas deste tipo de produtos tendo já publicado vários e-books na área da dermo-cosmética e conta com várias participações em blogs e marcas de cuidados de pele Brasileiros e Portugueses."

Deixe um comentário

Seu endereço de e-mail não será publicado. Os campos obrigatórios estão marcados

{"email":"Email address invalid","url":"Website address invalid","required":"Required field missing"}